Facebook Twitter
entertainment--directory.com

Arte De Vidro

Publicado em Novembro 21, 2023 por Jonah Krochmal

O julgamento e o erro levou a entre as maiores indústrias até agora. A criação de vidro evoluiu continuamente com adições de calcário, óxido de chumbo e ácido bórico. Metais como cobalto, cobre, manganês, prata e ouro mudariam a consistência, a clareza, o peso da cor e a força do vidro.

Os venezianos foram os primeiros a se tornarem líderes mundiais na fabricação de vidro. As Cruzadas e a conquista de Constantinopla em 1204 abriram como práticas comerciais extensas através de todo o Mediterrâneo Oriental e em uma variedade de territórios islâmicos. O efeito foi uma troca de culturas - que permitia aos venezianos olhar para as práticas dos produtores de vidro nessas terras outrora estrangeiras.

Mais do que conquistadores

No entanto, os venezianos foram aqueles que levaram a arte da fabricação de vidro a algum outro nível com a adição de minerais e seixos à sílica de vidro. Os 'óxidos' também foram colocados na sílica, desenvolvendo uma esplêndida seleção multicolorida de copos. Os venezianos também receberam elogios por aperfeiçoar o vidro transparente referido como "Cristallo". Em nenhum lugar a arte do vidro era mais evidente do que nas ilhas havaianas de Murano.

Murano é realmente um bando de ilhas deitadas na beira do mar Adriático, na lagoa de Veneza, a cerca de 3.000 metros ao norte do maior bando de ilhas que compreendem a cidade de Veneza. Este é o centro de vidro da indústria veneziana, e os fabricantes de vidro tinham exatamente o mesmo status de "realeza" e tinham privilégios negados a cidadãos comuns; No entanto, em troca de esses títulos e privilégios, o governo federal os prendeu praticamente para que eles possam proteger os segredos do comércio de vidro. Se um desses artesãos brilhantes tentasse deixar a ilha para aplicar seu ofício em outros lugares, estes foram condenados à morte por cometer traição.

A República de Veneza colocou esse mandato em vigor para ser capaz de isolar os mestres dos sopradores de vidro, para manter o controle e monopolizar a fabricação de vidro. Há um intervalo na história veneziana, uma vez que as estufas supostamente pegaram fogo e as autoridades venezianas moveram todas as estufas para a ilha de Murano. Se os incêndios eram boatos ou fatos; Ao mudar toda a produção para Murano, os venezianos não apenas protegeram Veneza dos riscos do incêndio, mas também seguraram a regulamentação do governo e a proteção do estado, garantindo nenhuma concorrência do exterior. Por esse motivo, a fabricação de vidro de Murano se tornou a melhor fonte de vidro fino da Europa e uma maneira significativa de obter receita comercial para a República de Veneza.

Os pedaços de vidro desta época eram ornamentados e considerados itens de luxo. Através dessa ostentação, uma cepa de design utilitário desenvolveu e os espelhos começaram a aparecer, o que proporcionou uma maior rotatividade de receita. Os artesãos competiram entre si, desenvolvendo constantemente técnicas mais técnicas e complexas de fabricação de vidro e empurrando continuamente os limites de pensamento, imagens, uso e opinião.

Ao contrário de qualquer material, o vidro envolve as qualidades místicas de cor, matiz e luz. Os artesãos do Velho Mundo nos apresentaram vidro que encanta nossos sentidos com infinitos esquemas de cores, refrações leves e designs artísticos.